202761

Os efeitos maléficos do uso de antitranspirantes

Ninguém gosta de ter aquele odor estranho nas axilas não é mesmo? Com o advento da tecnologia e dos estudos, existem dois produtos no mercado que nos ajudam a evitar o cheirinho estranho, um deles é o desodorante e o outro é o antitranspirante. O desodorante geralmente tem uma duração limitada e apenas mascaram os odores corporais, enquanto o antitranspirante, como o próprio nome diz, reduz a transpiração, bloqueando os dutos que liberam o suor temporariamente.

MdeMulher

MdeMulher

Mas, você já ouviu alguma vez que o antitranspirante pode oferecer riscos à saúde? Existem até mesmo alguns rumores de que os ingredientes podem levar até mesmo ao surgimento de problemas como câncer de mama, disfunção renal e Alzheimer. Kate Horowitz, do Mental Floss resolveu averiguar estas dúvidas e trouxe algumas respostas.

Então, vamos aos mitos e verdades!

VIX

VIX

O Alumínio pode provocar câncer
Alguns estudiosos dizem que o alumínio que o antitranspirante contém, se infiltra através da pele da axila, provocando danos no DNA e aumentando as chances de tumores se formarem na região. Mas embora alguns estudos apontem que o alumínio funciona como um carcinogênico, não há evidências convincentes de que o elemento que existe neste produto aumente o risco do surgimento de câncer. Portanto, esta teoria ainda fica em aberto.

Conservantes podem causar câncer
O antitranspirante e seus componentes tapam os dutos de transpiração, e isso deixa muitos estudiosos se perguntando o quanto isso pode ou não fazer bem para a saúde. Além do alumínio, os conservantes da fórmula também são acusados de serem indutores de câncer, principalmente após amostras deles terem sido encontrados em células cancerosas. Mas neste caso, a indústria de cosméticos já pensou em alternativas para o uso de determinados conservantes nos antitranspirantes, como é o caso do parabeno. A maioria dos que existem no mercado não vem com ele, mas vale a pena você conferir o rótulo antes de comprar. Então, sim, em parte este tipo de conservante pode fazer mal.

O Alumínio pode causar demência e problemas renais
Realmente, este componente em grandes doses pode afetar a saúde, principalmente os rins. Segundo estudos em pessoas que possuíam insuficiência renal, alguns remédios com altas doses de alumínio não eram processados, resultando em um acúmulo deste elemento no organismo e potencializando o risco de demência.
Mas este não é o caso do antitranspirante, já que ele possui uma quantidade muito baixa de alumínio e não é ingerido, mas sim usado na pele. Então, a não ser que você inspire diariamente muito antitranspirante, não há riscos para a sua saúde.

MdeMulher

MdeMulher

Alumínio pode causar Alzheimer
Assim como é o caso da insuficiência renal, estudos indicam que pode haver uma associação entre o mal de Alzheimer e a ingestão de alumínio, mas apenas em grandes quantidades. Inclusive a Associação de Alzheimer publicou recentemente que poucos especialistas acreditam que as fontes de alumínio no nosso dia a dia ofereçam algum risco.

Desequilibra a pele
Os micróbios são parte do nosso ecossistema corporal, e como em qualquer ecossistema, ele garantem que tudo no nosso corpo funcione direitinho. Mas será o antitranspirante um invasor que pode inibir isso? Alguns estudiosos acreditam que sim, mas em parte é verdade, já que ele afeta sim os microrganismos, evitando a interação das bactérias com o suor, entretanto, não há evidências de que o efeito seja prejudicial.

Portanto, se você tem algum amigo ou amiga que se nega a usar produtos para atacar o cheirinho ruim, mostre esta matéria e prove que dá para usar sim! E que a comunidade ao redor agradece!

Fonte: Megacurioso

Recomendado para você: Conheça cinco comportamentos bizarros que o frio causa

Perfeito
Curta-nos
no Facebook para
receber nossas melhores
publicações.
Os efeitos maléficos do uso de antitranspirantes
x

Рады, что вам понравился этот пост!

Dale a Me Gusta en Facebook para recibir más posts increíbles

Мне уже нравится Маркетиум