257755

Após 40 anos de carreira na TV, Maitê Proença confessa: “Não gosto de entrar num lugar com 20 e ser expelida aos 60″

Uma coisa que é comum em quase todas as empresas, é que os funcionários não são vistos exatamente como parte de uma família, acima disso eles são os números assinados num contrato. E como números, independentemente de sua história na organização, uma hora é possível que sejam descartados no momento em que forem taxados como desnecessários. Esse é um dos motivos principais de Maitê Proença estar tão triste com seu desligamento da TV Globo desde 2016.

Aos 60 anos de idade, a atriz falou numa entrevista à Folha de S.Paulo que tinha plena consciência em relação a sua demissão. No entanto, sentiu o choque de ter sido mandada embora após 40 anos de carreira na TV.

LEIA TAMBÉMBarrados! Por “ingratidão”, Globo veta Maitê Proença, Carolina Ferraz e Pedro Cardoso

“Ser demitida é uma tristeza, mas não é algo para discutir no jornal. Eles [Globo] estão no direito deles. Não gosto de entrar num lugar com 20 e ser expelida aos 60. Ninguém gosta disso”, confessou a artista durante a entrevista.

Vida sofrida

Se a história da vida de Maitê for colocada num livro, é possível acreditar que foi um roteiro escrito para uma novela ou filme, tamanha a tragédia envolvida. Quando a atriz era ainda pré-adolescente, com 12 anos, foi testemunha ocular do assassinato da mãe (1970) a facadas pelas mãos do próprio pai.

O promotor Carlos Eduardo Gallo matou cruelmente a Margot Proença com 16 facadas, foi a julgamento duas vezes, porém não foi preso, sendo absolvidos em ambas as situações – inclusive com depoimento dela, que temia que o pai cometesse suicídio.

A atriz explicou que o pai não era uma pessoa má, mas tinha cometido a barbárie num momento de privação dos sentidos. Ele casou-se novamente, mas acabou sendo internado em um hospício pouco tempo depois.

No manicômio, Proença venceu a mágoa e a dor e visitou o pai para saber o que motivou tanta crueldade. “Eu perguntei a ele porque não atirou em minha mãe e ele disse que a faca era uma extensão do corpo dele”, e confirmando os temores de Maitê, o pai acabou se matando anos depois (em 1989).

Maitê tirou forças de onde conseguiu para seguir em frente, mas os irmãos não tiveram o mesmo espírito. Um deles morreu por conta do alcoolismo e o outro se afundou nas drogas.

Idade não é motivo

Desde os 20 anos de idade fazendo novelas, Maitê ficou indignada com a especulação de que foi demitida por ter envelhecido. “Um ator pode trabalhar até os 90 ou os 100 anos. Haverá sempre personagens”, e falou sobre todos os percalços que passou na carreira, avaliando que fez muito mais trabalhos bons que o contrário. “Fiz uma carreira maravilhosa e não vou ficar me sentindo uma pobre coitada. Se usaram desse recurso baixo, eu tive que contornar. Os percalços melhoram a gente, infelizmente”, disparou.

Será que a carreira de sucesso e a história de lutas da atriz (na vida pessoal e nas telinhas) acabou assim? Esperamos que não e que ela continue vencendo!

Metropoles

Maitê Proença desabafa sobre tragédia familiar que marcou a sua vida

Perfeito
Curta-nos
no Facebook para
receber nossas melhores
publicações.
Após 40 anos de carreira na TV, Maitê Proença confessa: “Não gosto de entrar num lugar com 20 e ser expelida aos 60″
x

Рады, что вам понравился этот пост!

Dale a Me Gusta en Facebook para recibir más posts increíbles

Мне уже нравится Маркетиум